Afinal, como a economia colaborativa ajuda pequenos empreendedores?

Afinal, como a economia colaborativa ajuda pequenos empreendedores?
baixar-ebook-8-vantagens-dos-escritorios-compartilhados-synergyco-bannerPowered by Rock Convert

Ter um horário flexível, fazer aquilo que gosta, além de ter autonomia para a escolha da própria equipe são apenas algumas das vantagens de empreender. Destacamos, ainda, a possibilidade de explorar novas ideias, investir em algum mercado que talvez não tenha sido tanto valorizado, bem como apostar em inovação.

Para que um pequeno empreendedor tenha sucesso, uma tendência que vem se destacando é a economia colaborativa. E você, já ouviu falar sobre esse termo? Elaboramos este conteúdo para que você saiba o que é, além de entender de que maneira ela contribui para ajudar empreendedores. Boa leitura!

O que é economia colaborativa? 

Hoje, muitas organizações se preocupam com o fato de colocar seus produtos e serviços no mercado sem necessariamente almejar o lucro em primeiro lugar. Para isso, desenvolvem ações e estratégias que visam de alguma maneira causar impacto social, atentando para a produção e o consumo sustentável

Sendo assim, a economia colaborativa é aquela em que os bens e serviços são obtidos por meio do compartilhamento entre as pessoas, tornando a etapa de aquisição um pouco diferenciada.

Certamente você já deve ter encontrado por aí algum exemplo prático sobre esse conceito. Imagine só a seguinte situação: você vai ao trabalho diariamente com todos os espaços do veículo sobrando. Por essa razão, decidiu instalar um aplicativo de caronas no qual existe a possibilidade de oferecer vaga para o caminho traçado no horário estipulado. Isso é parte da economia colaborativa!

Também é muito comum pessoas anunciarem o aluguel de vagas de garagem ou, até mesmo, alugarem por determinado período algum item para outra pessoa que necessita do objeto por algumas horas, mas não necessariamente deseja adquirir um material novo. Com a quantidade de aplicativos existentes, essa prática tem se tornado cada vez mais comum e vantajosa para ambos os lados.

Como a economia colaborativa contribui para pequenos empreendedores?

Abordamos alguns exemplos que afetam positivamente a vida pessoal dos indivíduos. No entanto, a economia colaborativa também traz algumas vantagens para pequenos empreendedores. A seguir, selecionamos as principais. Confira!

Promove oportunidades para inovação

Mencionamos a possibilidade de um empreendedor inovar em seu negócio, certo? A economia colaborativa permite justamente isso. Em relação à economia tradicional, a principal diferença que mencionamos é o fato de que esse tipo de estratégia permite uma distribuição consciente dos recursos.

Em vez de apenas colocar mais materiais e produtos no mercado, por exemplo, as empresas passam a explorar o que já têm disponível, com o objetivo de promover a inovação social. 

Apesar de não almejar o lucro em primeiro lugar, um empreendimento precisa dele para se manter ativo no mercado. A partir da economia colaborativa, há a possibilidade de apostar com os recursos disponíveis, estudar maneiras de abordar o mercado e otimizar os processos do negócio. 

aluguel coworking bhPowered by Rock Convert

Permite que o negócio cresça de maneira estruturável e saudável 

Um empreendimento, especialmente quando está em fase inicial, necessita apostar em ações para reduzir os custos e conseguir se destacar competitivamente no mercado. Por essa razão, investir em estratégias que proporcionam uma otimização dos gastos sem perder a qualidade dos produtos e serviços ofertados permite que o negócio cresça de maneira estruturável e saudável.

Aquele empreendedor que está em fase inicial e que enxerga na economia colaborativa uma porta de entrada para expandir o seu negócio, muitas vezes não analisará que é necessário ter um espaço apenas para ele exercer suas atividades, apostando em um coworking, por exemplo — espaços que reúnem diariamente diversas pessoas com o objetivo de trabalharem em um ambiente acolhedor, inspirador e focados no crescimento saudável. 

Proporciona networking

Ao exercerem suas funções nesses ambientes e com pessoas dos mais diversos ramos de atividades, é possível promover o networking diariamente. É preciso ter a consciência de que pessoas bem relacionadas e que promovem diariamente discussões sobre os mais diversos assuntos tendem a estar sempre presentes no mercado de trabalho, comprovando a importância de manter fortalecida essa rede de contatos. 

Para isso, sempre ofereça valor para a pessoal com a qual você está mantendo contato. Apesar de procurar por algo positivo no que ela pode oferecer, saiba que ela também está querendo abstrair algum tipo de crescimento com o seu contato. Ou seja, para um networking que traga resultados, ambas as partes precisam estar conectadas com um propósito em comum e com reciprocidade. 

Também é indicado que se tenha uma página atualizada nas redes sociais, especialmente as mais corporativas, postando conteúdos que sejam relevantes e que estão em alta. Por fim, tenha um cartão de visitas atrativo, atualizado e com todos os contatos essenciais para que aquela conexão seja duradoura e positiva. 

Quais outros exemplos de economia colaborativa?

Ao longo do conteúdo abordamos brevemente sobre alguns exemplos de economia colaborativa, como aplicativos que oferecem carona e coworking para a reunião de pessoas que desejam exercerem as atividades em um espaço inspirador.

Além deles, também existem aplicativos de aluguéis de casas por temporada — vai viajar e não tem onde ficar? Existe a possibilidade de encontrar por aquele espaço que vá atender às suas necessidades, com a quantidade de quartos desejada e no local que atenda aos objetivos de seu passeio. 

O crowdfunding é outro exemplo que vem ganhando destaque. Caso você esteja com algum projeto pessoal, mas não tem verba suficiente para concretizá-lo, existem sites nos quais você explica quais são os seus objetivos, além de estipular um valor final necessário para que esse negócio tenha êxito.

Assim, poderá oferecer determinado produto relacionado a esse seu propósito, destinando valor para as pessoas que contribuíram para que aquilo se concretizasse. Outro tipo de economia colaborativa bastante presente no dia a dia dos brasileiros é o Wikipédia, enciclopédia online na qual todos podem contribuir para ampliar o seu conteúdo, sendo fonte de pesquisas de muitos usuários da rede.

Neste artigo, você pôde entender o que é economia colaborativa, como pode contribuir para pequenos empreendedores, além de entender exemplos práticos e cotidianos desse tipo de economia que é tendência no momento. Ao empreender, é preciso pesquisar por soluções que de alguma maneira permitirão o sucesso do seu negócio, ampliando a sua rede de contatos e permitindo um retorno financeiro mais positivo. 

Gostou deste conteúdo e deseja estar por dentro de mais dicas e novidades como essas? É só seguir as nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no LinkedIn

8 vantagens dos escritórios compartilhados

Baixar ebook gratuito 8 vantagens do coworking

Guia prático para montar um plano de negócios eficiente


Siga-nos

Share This